Budi* é um missionário que há pouco tempo foi ameaçado de morte por sua atividade evangelística na Indonésia. Seu trabalho tem sido discipular outros cristãos, encorajando-os a alcançar suas próprias famílias. Um deles é Yusuf*, um novo convertido ex-muçulmano, cristão dedicado e apaixonado pela palavra.

Em menos de um ano, Yusuf teve coragem para alcançar seus familiares. No entanto, alguns parentes desconfiaram da prática e o denunciaram às autoridades locais. A investigação conseguiu identificar a ligação entre Yusuf e Budi.

O missionário contou como foi abordado pelas autoridades: “Eles vieram à minha casa, me ameaçaram de morte caso eu continuasse minhas atividades”. Já Yusuf, a esposa e o filho foram detidos, interrogados e forçados a negar a fé em Jesus Cristo. O cristão também foi agredido, mas ainda assim perseverou. A esposa e filho, entretanto, cederam e retornaram ao islamismo.

“Foi um momento muito triste para Yusuf, mas ele manteve a decisão de seguir Isa (o nome de Jesus no Alcorão)”, conta Budi. Como resultado, Yusuf foi expulso de sua comunidade, mas vive agora em um local seguro.

Fonte: Portas Abertas