Quando pensa, o
homem pensa guiado por algum tipo de estrutura conceitual complexa e
abrangente. Por trás de suas ideias existe um pano de fundo, certo ponto de
partida na forma de dogma, nem sempre fácil de explicar ou definir, mas
fortemente poderoso, que lhe serve de orientação existencial. Por intermédio
dessa lente, o homem enxerga a si mesmo, a realidade e o mundo,